Melhores restaurantes em Los Angeles

Refeições: Los Angeles, Califórnia: Veja 231.655 dicas e avaliações do Tripadvisor dos 11.867 restaurantes: Los Angeles e faça a busca por cozinha, preço, localização e mais. Los Angeles não decepciona quem busca restaurantes de altíssimo nível. Se você não dispensa um tour elegante, celebrities chefs como Nobu Matsushita, Thomas Keller e Wolfgang Puck poderão agradar, porém os grandes nomes não estão apenas em restaurantes finos: um dos mais queridos chefs da cidade é Roy Choi, do food truck mexicano ... Restaurante Bazaar by José Andrés em Los Angeles. Outra dica dos melhores restaurantes de Los Angeles é o Bazaar by José Andrés. Situado no interior do luxuoso SLS Hotel, no bairro de Beverly Hills, este restaurante é a cara desta região, sendo visitado, em sua maioria, por jovens e turistas. Restaurantes perto de Los Angeles . Encontre a lista completa de restaurantes perto de Los Angeles com endereço, número de telefone, avaliações e o cardápio completo com os preços. Também pode escolher comer em restaurantes. Muitos destes lugares tem wifi e permitem reservar uma mesa por Internet. Restaurantes em Entrega - melhores: Chinatown (Los Angeles): veja 510 avaliações dos viajantes no Tripadvisor sobre Restaurantes em Entrega: Chinatown, Los Angeles. Los Angeles - Descobre os melhores restaurantes e bares! Encontra menus, fotos, horários, números de telefone e opiniões para mais de 11300 bares e restaurantes.

síndrome de underground é uma parada ridícula

2020.09.05 13:01 spiritofmnemoth síndrome de underground é uma parada ridícula

Eu não consigo mais consumir conteúdo de canais de opinião ou de "ensaio" no youtube, nem sequer discutir nada relacionado a música, filmes, quadrinhos, livros, "cultura pop" no geral, na internet. São todos um bando de sofistas que pegam um discurso que só anda em círculos, cospe banalidades e obviedades e transformam em uma suposta análise genial só falando de uma maneira profunda e sedutora, jogando clipezinhos ou imagens do material original e um lo-fi de trilha sonora. Outra coisa que me incomoda é essa corrida do ouro em busca de referências super originais que ninguém nunca ouviu falar, e que portanto me tornam superior ao resto dos mortais por conhecê-la. Ninguém está autorizado a gostar do filme do Coringa porque tem esses 3 filmes independentes lançados pra DVD em duas locadoras de Los Angeles que abordam o tema da saúde mental muito melhor que essa porcaria mainstream, glorificadora de "incel". Ninguém está autorizado a gostar dos clássicos, se suas bandas indie favoritas são Kings of Leon e The Strokes, você é poser, a única banda boa é aquela banda neozelandesa que gravou uma demo em 2013 e só fez um show pra cinco pessoas num restaurante em Auckland. A música que mais influenciou a minha vida foi Within You Without You do George Harrison (não é dos Beatles, é do George Harrison), pode me chamar de roqueiro poser, eu não tô nem aí. Eu conheço coisas mais obscuras, mas uma mídia ser pouco conhecida não faz dela superior como obra de arte, isso é ridículo. Diga-se de passagem, às vezes ela é desconhecida porque é ruim mesmo. Eu odeio o quão banal e genérico esse texto foi. Obrigado
Edit: é incrível o quanto tem algumas pessoas que levam tudo ao extremo. Eu não posso fazer uma crítica contundente a canais que seguem um formato específico (nem especifiquei os canais, mas a carapuça serviu) que sou hater. Eu acho sim que existem vídeos bons, e coisas boas que saem de canais de vídeo ensaio, só acho problemáticas as formas com que eles muitas vezes apresentam o conteúdo, e a maneira com que parte da audiência consome esse conteúdo. Me chamar de hater só porque eu não escondo a emoção no meu texto é uma coisa assustadora. Eu acho que preciso falar num tom solene e constante e jogar um lofi no fundo, aí essas pessoas vão aceitar a minha mensagem sem questionar (isso foi uma piada).
submitted by spiritofmnemoth to desabafos [link] [comments]


2019.12.02 08:49 altovaliriano Fãs armados cavaleiros por GRRM

Link: https://www.laweekly.com/winter-is-coming-so-are-the-cheesesteaks-on-game-of-thrones-george-rr-martin-food-quests/
Autor: Margy Rochlin
Título original: Winter is coming & so are the cheesesteaks: on Game of Thrones, George RR Martin + food quests

[...]
Em reuniões anuais em várias cidades, Martin envia seus seguidores (frequentemente pessoas que vieram de outros lugares e, portanto, não familiarizados com os arredores) em busca de alimentos para os quais, em troca, são oficialmente nomeados cavaleiros. Da maneira como Miller descreveu as "missões", elas pareciam uma versão divertida e rudimentar de The Amazing Race, ou talvez uma caça ao tesouro que também envolve comer, beber muita cerveja, se gabar de uma noite louca bem aproveitada e receber um apelido adequado a um herói. Nós queríamos saber mais!
Em nossa entrevista, falamos com David M. McCaman, um executivo de marketing de São Francisco, fundador do fórum eletrônico Brotherhood without Banners e um antigo cavaleiro armado por Martin.

Squid Ink: De acordo com a história, as missões começaram com um fã de George RR Martin, uma solicitação e um passeio noturno em massa até a esquina da 9th Street e a Passyunk Avenue, em South Philly [bairro da cidade de Filadélfia, EUA], em busca de um cheesesteak. Detalhes, por favor.
David M. McCaman: O primeiro encontro real de todos os fãs que se conheceram através de fóruns foi em 2001, na WorldCon da Filadélfia. Um dos nossos convidados da festa do fã-clube, que também era membro do fórum da BwB [Brotherhood Without Banners], queria que George o armasse cavaleiro. É claro que George sendo George disse: "Você não pode ser um verdadeiro cavaleiro sem uma vigília e uma missão..."
SI: ... e em algum momento, foi decidido que a missão envolvia buscar um Philly cheesesteak no Pat’s King of Steaks. Porque lá? Foi a alusão à realeza no nome? Ou porque o proprietário Pat Olivieri é considerado o criador do Philly cheesesteak?
DM: Na Filadélfia, há o Pat’s King of Steaks e do outro lado da rua há o Geno’s Steaks. Sempre houve uma guerra entre Pat e Geno sobre quem tem o melhor cheesesteak. Pat's é o que George mais gostava, então todos fomos para lá. Por volta das duas ou três horas da manhã, George usou a espada que um dos membros da BWB trouxe e armou cavaleiro a todos e deu-lhes um nome, chamou-os de Ser [Sor] ou Dame [Dama] e armou todo mundo.
SI: Espere, espere, espere. Uma espada? Alguém calhou de ter uma espada consigo?
DM: Alguém trouxe uma espada [cênica] para o hotel onde a festa acontecia. Era a WorldCon - havia muitas pessoas se fantasiando, muitos autores de fantasia e ficção científica. Então, sim, ele trouxe a espada consigo [para a Pat’s].
SI: Então você está dizendo que não era particularmente incomum alguém ter uma espada com eles?
DM: Não, mas imagino que era bastante incomum estar na frente do Pat's Steaks às 3 da manhã com [George] segurando uma espada, armando cavaleiros. Foi a única [missão] que ele realmente veio junto. Geralmente as pessoas [que estão sendo armadas cavaleiros] saem e trazem a comida de volta. Mas ele saiu conosco e fizemos tudo bem na frente do Pat’s.
SI: Vamos voltar um pouco. Descreva este cheesesteak digno de uma missão.
DM: Foi fantástico. George recomendou que todos conseguissem o original, que é o chessesteak básico com [Cheez] Whizz. Mas outras pessoas tinham o com provolone, ou com o Whizz; algumas buscaram com banana pepper ou pimenta.
SI: Como a visita ao Pat se transformou em uma tradição de longa data?
DM: O grupo original voltou aos fóruns e conversaram entre si e colocavam nas assinaturas de seus posts "Ser Isso-e-Aquilo, Cavaleiro do Cheesesteak" e tinham fotos de George armando-os. No ano seguinte, já se esperava que pessoas novas se prontificassem. A partir daí, tornou-se uma tradição que, antes ou depois da festa da BWB, os novos membros (aqueles que ainda não houvessem sido armados cavaleiros) fossem procurar a comida local que George desejasse.
SI: Descreva a cerimônia de armar cavaleiro em si. O que exatamente acontece?
DM: Você se ajoelha, George coloca a espada em seus ombros, então ele pega seu nome ou apelido - a maioria das pessoas tem apelido - e ele lhe dará um "Ser" ou uma "Dama", a depender se você é homem ou mulher, então ele criará um segundo apelido para você. Como o primeiro cara, o cara dos steaks que trouxe a espada. Ele levou George [para o Pat’s] em seu carro - enquanto todos nós pegávamos táxis - e se perdeu totalmente. Então George o chamou de Sor Aghrivaine, o Andarilho.
SI: Que tipo de transporte é necessário em uma missão?
DM: Geralmente depende do tamanho. No início usávamos alguns táxis. Mais tarde, à medida que vieram mais pessoas, dividiu-se em grupos menores, com pessoas andando juntas - algumas dirigiam carros, amontoavam-se em carros ou caminhonetes e outras pessoas pegavam táxis. Quando houve a missão do haggis em Glasgow, na Escócia, alguns caras foram realmente espertos: em vez de passar horas pela cidade, tentando encontrar os melhores haggis para George, esses caras foram à cozinha do hotel e os chefs fizeram o haggis e eles se tornaram Os Cavaleiros do Haggis.
SI: Se tivéssemos participado da Los Angeles Con em 2006, que tipo de comida teríamos procurado?
DM: Devíamos ter quase uma centena de fãs no LA Con e George mandou todo mundo de lá para o Pink's. Eles se tornaram os Cavaleiros do Pìnk’s Dogs.
SI: Pink’s? Pink’s fica em Hollywood. A LA WorldCon ocorreu no Anaheim Convention Center. Considerando ida e volta, é uma corrida por cachorro-quente de cerca de 70 milhas. Todas as missões se baseiam na distância - ou às vezes exigem uma solução criativa para problemas?
DM: Sim. Uma das mais difíceis foi em evento não-WorldCon em Kansas City. George enviou um grupo de fãs para obter Pontas queimadas, as Pontas de Peito [brisket]. Era tarde da noite e essas pessoas percorreram Kansas City inteira. Os lugares estavam fechados. Eles tentaram ir às mercearias para comprar e cozinhar - mas isso não funcionou. Eles foram a restaurantes e estavam fechados. Eles foram até em clubes noturnos. Finalmente, eles encontraram um restaurante de churrasco que havia acabado de fechar e jogaram fora suas pontas queimadas. Eles trouxeram isso de volta e, jocosamente, George os armou como os Cavaleiros da Lixeira.
SI: Seu título é Sor Lodengarl Três Punhos, o Cavaleiro dos Cheesesteaks. Por que três punhos?
DM: Eu estava basicamente gerenciando a primeira festa do WorldCon. Como qualquer bom profissional de marketing dando uma festa, passei o tempo todo me certificando de que tudo estava limpo, que todos estavam se divertindo, me certificando de que havia bastante gelo, comida e bebidas. Basicamente, assim que todo mundo tinha saído e havia apenas membros do fã-clube, peguei três cervejas para que eu pudesse me juntar a todos e me sentei na frente de George.
SI: Alguém já foi desarmado cavaleiro?
DM: Acho que não, mas há uma tradição de subir na hierarquia.
SI: O que quer dizer?
DM: Se você participar de três WorldCons, receberá o status de lorde ou dama. Se você participar de cinco, você é um príncipe ou uma princesa. Você não é obrigado a fazer uma missão adicional - você conquista estes títulos ao participar de muitas WorldCons. Eu sou um príncipe. Há uma pessoa que esteve em sete WorldCons, um cara da Irlanda. George o fez Rei.
SI: Há os Cavaleiros da Carne Picante, Cavaleiros do Queijo Flamejante, Cavaleiros do Fungo Picante. Todas as missões estão relacionadas à comida?
DM: Nem todas as missões de cavaleiros foram baseadas em alimentos. A maioria é — do haggis em Glasgow ao poutine em Montreal. Há os Cavaleiros do Ye Olde Roast Beef em Boston. É realmente apenas uma tradição que adiciona algo especial à experiência fã- autor. Se George fosse outro tipo de pessoa, ele teria apenas trazido uma espada e armado aquele cara cavaleiro. Mas como George é um fã de longa data, pensou: “Ei, eu quero que você faça alguma coisa!”, E então todos entraram e disseram: “Parece uma ótima ideia. Todo mundo está com fome. É tarde da noite.” Quando vai a convenções, George sempre fala sobre a boa comida da região e coisas para se experimentar. É realmente parte de quem somos enquanto fãs.
SI: Então George e seus fãs são como um fórum Chowhound em forma humana com um elemento de ficção de fantasia?
DM: Sim.
SI: Os fãs fazem as comidas descritas no livro?
DM: Nós fazemos. Temos lanches e comida em festas. Mas mesmo em suas próprias reuniões, eles trazem coisas. A maioria dos alimentos de que falam são proteínas - há muito pato, carne de veado, cabra, carne de carneiro ou javali que geralmente é acompanhada de tábuas de pão...
SI:... por tábua você diz um pedaço de pão velho usado como uma espécie de prato comestível...
DM:... e truta e todos os tipos de peixe. Há casamentos nos livros e há toneladas de pratos descritos com o suco e o óleo do pato e o molho de cereja escorrendo pelo queixo. Há tantas boas descrições. No terceiro ano, George foi convidado de honra no Toronto WorldCon 2003. Para a nossa festa, fizemos uma grande escultura de gelo e o chef do hotel criou uma torta de lampreia, uma espécie de enguia, famosa no livro. Então pedimos ao chef que trouxesse uma grande torta de lampreia e a trouxesse para a suíte no meio da festa. Naquele ano, [os aspirantes a cavaleiros e damas] não foram em uma missão. Eles acabaram por se tornar os Cavaleiros da Torta de Lampreia.
SI: Qual é o sabor da torta de enguia?
DM: Era realmente muito bom. Uma torta de lampreia não é apenas enguias; também pode ser peixe branco assado quase como um empadão. A maioria das pessoas com travessas queriam ser cavaleiros. Isso foi tirado diretamente dos livros e prestava homenagem a George.
SI: Os aventureiros alguma vez se recusaram a provar a comida que traziam de volta?
DM: Você tem que provar, pois em geral se está fora de seu país ou cidade e é uma ótima maneira de conhecer parte da culinária, da cultura.
SI: Os aspirantes a cavaleiros e damas ficam chateados com missões de comida? Alguém nunca resmungou: “Cara, por que sou um cavaleiro dos Antigos Condimentos Apodrecidos? Por que eu não poderia ser um Cavaleiro da Pizza?"
DM: Em Denver, em 2008, tivemos os Cavaleiros da Mile-High Tomato Pie. Essa foi boa.
submitted by altovaliriano to Valiria [link] [comments]


2019.06.03 19:22 Amanda3exceler Intercâmbio em Irvine

Visite uma cidade totalmente voltada para quem deseja estudar no exterior

O Intercâmbio em Irvine realizado na Mundial Intercâmbio é ideal para quem deseja aliar estudo e prática do inglês a uma maratona de atividades relacionadas ao turismo. Localizado no Condado de Orange, a cidade foi a que mais cresceu na região sul da Califórnia.
O aluno que fizer Intercâmbio em Irvine terá a sua disposição uma mistura enorme de diversão com um universo acadêmico de muita qualidade, referência na área de Ciências Sociais do mundo todo.
Muitos brasileiros buscam se “aventurar” em outros países, buscando descobrir novas culturas e aumentar seu leque de conhecimento sobre os veraneios do mundo.
Ao pensar em fazer uma viagem de intercâmbio aos Estados Unidos, vários outros destinos mais comuns e conhecidos vem a mente como Nova York, Los Angeles, Boston, entre outras.
Porém, Irvine é um lugar específico para a pessoa que visa estudar no exterior, se sentido ao mesmo tempo estudante e turista.
Tendo aproximadamente 212 mil habitantes, essa região se localiza no Condado de Orange, no sul da Califórnia. Sua fundação ocorreu em 1971. Porém, mesmo com a pouca idade, seus dados estatísticos impressionam.
Irvine foi o lugar que, em 10 anos, registrou o maior aumento populacional no sul californiano e é considerada o distrito mais seguro do EUA.
A Universidade da Califórnia, campus Irvine, foi ranqueada como o décimo segundo (12º) recinto acadêmico público mais profícuo do país. Ela ostenta a premiação de três prêmios Nobel, sendo um em Física.
Sua base de cursos foi requisitada como uma das melhores dos Estados Unidos, entre as áreas se encontram engenharia, economia e administração. Além de bons estudantes, a universidade revela ótimos esportistas.
Ao todo, em menos de 10 anos, a entidade teve 25 conquistas nacionais e colocou 42 alunos para disputar as Olimpíadas.
Contudo, além do espaço estudantil, a cidade oferece outros recintos, visando a diversão dos estudantes e moradores. Shoppings, restaurantes e belas praias norteiam a cidade californiana.
Sua proximidade com a região de Las Vegas é um dos grandes diferenciais para a escolha, transformando a região de Irvine numa verdadeira colônia de férias para aqueles que buscam mesclar estudo e lazer.
Então não perca tempo e venha fazer Intercâmbio em Irvine com a Mundial Intercâmbio.

Entre em contato e saiba mais: https://www.mundialintercambio.com.br
submitted by Amanda3exceler to u/Amanda3exceler [link] [comments]


Melhores lugares em Los Angeles, CALIFÓRNIA, Ep. 1 - YouTube Califórnia - Venice Beach e Santa Monica  Dicas de Los ... O MELHOR DE SAN FRANCISCO  Califórnia #9 Saindo para comer em Los Angeles Primeiro dia em Los Angeles Os Lacerda - Top 3 dicas de onde comer em Los Angeles e Las Vegas Onde Comer em San Diego? Melhores Restaurantes  California 10 lugares que você precisa conhecer em Los Angeles  Califórnia

Restaurantes e bares - Los Angeles Zomato United States

  1. Melhores lugares em Los Angeles, CALIFÓRNIA, Ep. 1 - YouTube
  2. Califórnia - Venice Beach e Santa Monica Dicas de Los ...
  3. O MELHOR DE SAN FRANCISCO Califórnia #9
  4. Saindo para comer em Los Angeles
  5. Primeiro dia em Los Angeles
  6. Os Lacerda - Top 3 dicas de onde comer em Los Angeles e Las Vegas
  7. Onde Comer em San Diego? Melhores Restaurantes California
  8. 10 lugares que você precisa conhecer em Los Angeles Califórnia
  9. Torrada Torrada - YouTube

FALA GALERA!!! A dica de hoje é para vc que esta com a viagem marcada para os Estados Unidos! Vamos listar 3 dos melhores restaurantes que comemos os melhores lanches dos estados unidos! Confere ... As melhores dicas para visitar SÃO FRANCISCO na ... Viagens ao Redor do Mundo 80,884 views. 25:40. Dicas para LOS ANGELES e BEVERLY HILLS na Califórnia ... COMPRAS EM LOS ANGELES ... Em fevereiro deste ano (2020) fui convidada pela Secretaria de Turismo da California, o Visit California, a dar um rolê por Los Angeles para descobrir os melhores restaurantes e visitar lugares ... Fui convidada pela Tastemade para fazer uma viagem a trabalho em Los Angeles e é claro que aproveitei pra fazer um rolê pela Califórnia e conhecer os lugares... Era para ser um vídeo mostrando um pouco o que eu faço quando estou em Los Angeles mas, como deu para perceber pelo título, ao editar percebi que filmei basicamente as vezes em que saí para ... Durante os dias que fiquei em San Diego, visitei restaurantes de frutos do mar, de tacos, comi ostras, me entupi com os melhores donuts da vida e também tomei drinks de frente pro mar! Em fevereiro deste ano (2020) fui convidada pela Secretaria de Turismo da California, o Visit California, a dar um rolê por Los Angeles para descobrir os melhores restaurantes e visitar lugares ... Primeiro dia em Los Angeles Bruna Vieira. Loading... Unsubscribe from Bruna Vieira? ... que ao longo dos últimos 7 anos se tornaram também meus melhores amigos. Vocês são muito especiais pra ... Esse é o primeiro Vlog da Califórnia, da minha segunda visita. Assista ao segundo episódio: https://youtu.be/WTMlLgsQFE8 Lembram da felicidade em conhecer a ...